• Dra. Maithê

Hipertireoidismo e hipotireoidismo podem gerar quadros graves

Por isso, o tratamento da tireoide também tem caráter preventivo.

Tireoide
A tireoide regula várias funções do coração, cérebro, fígado, rins e outros órgãos importantes

Pessoas acometidas por problemas na tireoide muitas vezes não sabem que estão com essa forma de desequilíbrio. Por isso, tendem a atribuir a outras causas alguns dos principais sintomas do distúrbio: estresse, depressão, hiperatividade, taquicardia, problemas metabólicos e outros.

A tireoide regula várias funções do coração, cérebro, fígado, rins e outros órgãos importantes. Por isso, se ela estiver alterada, o organismo pode desenvolver problemas muito sérios, a ponto de levar o paciente à morte, se nenhum tratamento for feito.

Entretanto, quando a disfunção é tratada e controlada, o paciente pode levar uma vida normal e sem riscos.

As principais doenças associadas à tireoide são o hipotireoidismo e o hipertireoidismo. Ambas podem ser diagnosticadas em exames de sangue periódicos, que verificam a dosagem dos hormônios tireoidianos T3 e T4, além do TSH, que é produzido no cérebro e regula a tireoide.

No hipotireoidismo, o funcionamento da tireoide fica lento. Os principais sintomas são depressão, cansaço, preguiça, intestino preso, perda de memória, facilidade para engordar, pele seca e fria, ciclo menstrual irregular e queda de cabelo.

No hipertireoidismo, a tireoide trabalha de forma acelerada. Isso provoca sintomas tais como agitação, taquicardia, nervosismo, dificuldade de concentração, diarreia, pele úmida e sudoreica, insônia, emagrecimento, olhos saltados e vermelhos (exofitalmia).

Tanto no hipotireoidismo quanto no hipertireoidismo o tratamento é feito com medicações de controle indicadas pelo endocrinologista, que também acompanha os resultados por meio de exames periódicos que investigam a dosagem de hormônios.











Mitos e verdades

1. Hipotireoidismo sempre engorda e hipertireoidismo emagrece

Mito – Mito. Os sintomas de ganho e perda de peso não precisam estar necessariamente presentes e variam de acordo com o grau de ambas as doenças.

2. Hipotireoidismo pode causar depressão.

Verdade – A lentidão provocada pela doença pode chegar ao ponto do paciente ter dificuldade de se levantar da cama, a fim de realizar atividades básicas. Por isso, todas as pessoas com depressão devem também verificar a saúde da tireoide.


3. Todo nódulo de tireoide é maligno

Mito – 95% dos nódulos de tireoide são benignos e esse tipo de manifestação ocorre em 60% das pessoas.






Perguntas do publico

1. Recebi um diagnóstico de tireoide heterogênea. O que é isso?

Significa que a superfície de sua tireoide deixou de ser lisa e se tornou irregular. Em geral, isso decorre do ataque de anticorpos, dentro do quadro de Tireoidite de Hashimoto. É preciso tratar, mas não tem relação com câncer.

2. Tenho Tireoidite de Hashimoto e hipotireoidismo e estou querendo engravidar. Posso ter dificuldades?

Não deverá haver dificuldades se você incluir um endocrinologista no acompanhamento médico. Ele poderá administrar uma medicação específica ao longo da gestação.

3. Quem tem hipertireoidismo tem mais propensão a ter nódulos na tireoide?

Não existe esta relação. Por outro lado, o quadro de bócio multinodular, em que a tireoide fica cheia de pequenos nódulos, pode causar o hipertireoidismo.

99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo