• Dra. Maithê

Como se hidratar no verão sem prejudicar a saúde

Escolhas erradas podem favorecer o ganho de peso, hipertensão, esteatose hepática e outros males.

Recomenda-se consumir de 2 a 3 litros de água por dia para o bom funcionamento do corpo

No verão e nas férias, o consumo de líquidos tende a aumentar, tendo em vista que as pessoas buscam se hidratar, se refrescar e comemorar com água, sucos, refrigerantes e bebidas alcóolicas.


Escolher a opção certa é importante, a fim de não prejudicar o organismo.


1. Bebidas hidratantes


a) Água


A água é a primeira escolha quando o assunto é hidratação.

Recomenda-se consumir de 2 a 3 litros por dia para o bom funcionamento do corpo.


b) Água de Coco


Refrescante e saborosa, a água de coco é uma ótima opção para manter o organismo hidratado.


Possui vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos, antioxidantes, enzimas e outros fitonutrientes que auxiliam o bom funcionamento do corpo.


É rica em potássio e não provoca ganho de peso, pois um copo de 200 ml tem cerca de 40 calorias, apenas.


A ingestão de água de coco ainda ajuda a reduzir a pressão arterial e evita pedras nos rins, entre outros benefícios.


c) Água com gás


É uma ótima escolha para hidratação e pode substituir a água. Apenas pacientes com gastrite devem evitá-la. Em especial, é indicada para quem está acostumado a beber refrigerantes no lugar de água.


Por causar plenitude no estômago em função do gás, pode contribuir para diminuir a compulsão alimentar e auxiliar na perda de peso.


d) Suco de fruta


Ótima fonte de hidratação, os sucos de frutas também fornecem vitaminas e sais minerais para repor as perdas que ocorrem através do suor, principalmente nos dias mais quentes.


Alguns são mais calóricos, como os de laranja e uva, e outros menos, como os de limão, maracujá e frutas vermelhas. Por isso, recomenda-se o consumo dos que apresentam menor valor calórico.


e) Isotônico


Suplemento hidratante, o isotônico é indicado para repor sais minerais como sódio e potássio, após a atividade física.


Por conter muito sódio - cerca de 50 mg a 160 mg por garrafa - , é recomendado apenas para pessoas que praticam exercícios e precisam ser evitados por quem sofre de insuficiência cardíaca, hipertensão arterial e doenças renais. Também não deve ser consumido por crianças.


f) Chá


O chá gelado pode ser usado para hidratar o corpo no verão. Pode ser preparado facilmente com uma grande variedade de ervas frescas ou secas.


Além disso, são diuréticos e não possuem calorias. Quem faz jejum intermitente também pode tomar chá.


g) Refrigerante


Muito consumida no calor, o refrigerante é a bebida menos recomendada para hidratação. Isso porque é bastante calórica e contém alto teor de açúcar.


Além disso, apresenta acidulantes, conservantes e corantes artificiais que trazem prejuízos à saúde.


Mesmo a versão diet não é indicada, pois possui muito sódio que pode aumentar a pressão arterial. Também tem fosfato, que atrapalha a absorção de cálcio e pode provocar pedra nos rins.


h) Leite


O leite é uma ótima bebida para ajudar a hidratar no calor. Rico em nutrientes, é fundamental para a saúde dos ossos.


Pode ser consumido sem restrições por pessoas que não têm intolerância e nem alergia ao leite.


Para quem é diabético ou quer emagrecer, é preferível usar o leite sem lactose, que não tem açúcar. Para quem tem colesterol alto, é indicado o leite desnatado ou semidesnatado.


2 - Bebidas alcóolicas


O consumo excessivo de álcool pode prejudicar o fígado, podendo causar esteatose hepática e até mesmo a cirrose. O ideal é evitar o seu consumo.


Entretanto, as bebidas alcoólicas podem ser consumidas com moderação em festas, eventos ou nos finais de semana.

Para quem está de dieta:


A primeira escolha é o gim, que tem 50 calorias por dose. A segunda alternativa é a caipirinha de saquê com frutas vermelhas e adoçante. A terceira opção é o Aperol, aperitivo de origem italiana feito de à base de uma infusão de diferentes ervas e raízes.


A cerveja é uma bebida que deve ser evitada pelo seu alto teor calórico ocasionado pela cevada, pois uma garrafa de 600 ml equivale a três pãezinhos.


O vinho é uma opção melhor do que a cerveja. A dose permitida para não desenvolver esteatose hepática é maior para os homens do que para as mulheres. Os homens podem tomar duas taças de vinho por dia e as mulheres apenas uma.


Ainda com relação ao vinho: está comprovado que uma taça por dia aumenta o colesterol bom, o HDL, e faz bem para o coração. Entre as opções, o tinto seco é o menos calórico, pois uma taça de 125 ml tem 107 calorias. O vinho branco doce possui 180 calorias por 125 ml.

97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo