• Dra. Maithê

Alimentos que emagrecem por acelerar o metabolismo

Exercícios físicos específicos também podem contribuir com o processo.

Ambas as dietas propõem uma significativa redução no consumo de carboidratos
Metabolismo é o processo no qual o corpo converte o alimento em energia

Após o advento da pandemia, um grande número de pessoas passou a se queixar de que está acima do peso e não consegue emagrecer.

Muitos tentaram diferentes dietas e exercícios físicos, mas com resultados frustrantes.

A causa deste fenômeno, que estaria levando desconsolo a muita gente, pode ser o metabolismo lento.

O que seria isso?

Metabolismo é o processo no qual o corpo converte o alimento em energia para as células funcionarem e manterem as funções vitais.

Assim, se esse processo for lento, o organismo estaria demorando mais tempo para transformar as calorias ingeridas em energia, o que resulta no acúmulo de gorduras.

Em geral, 60% dos fatores que influenciam o metabolismo são de origem genética e, por isso, não podem ser alterados. Contudo, a medicina tem obtido resultados expressivos ao trabalhar as demais causas, que representariam os 40% restantes: má alimentação, sedentarismo, menopausa, envelhecimento e o próprio quadro de obesidade.

As pesquisas estão sendo feitas em três frentes:

1 – Basal (genético), que representa 60% do metabolismo: estuda a quantidade de energia gasta para manter o organismo funcionando durante o sono;

2 – Termogênese alimentar, que representa 20% do metabolismo: identifica os alimentos que podem influenciar o ritmo de produção de energia;

3 - Atividade física, que pode representar de 20% a 40% do metabolismo: verifica os exercícios que impactam no ritmo de conversão de energia.

Resultados

O avanço dos estudos sobre alimentos termogênicos, em particular, possibilitou a observação de que o metabolismo pode ser acelerado com essas opções de consumo diário:

  • Pimenta: até 6 gramas;

  • Gengibre: até 10 gramas;

  • Canela: até 1 colher de sopa;

  • Chá verde: 1 litro;

  • Café: no máximo 4 a 6 xicaras;

  • Guaraná: a dose limite é de 2 a 5 gramas;

  • Vinagre de maçã : 2 colheres de sopa;

  • Óleo de coco : 1 colher de sopa;

  • Limão : 2 unidades.

Já as pesquisas que focam o impacto das atividades físicas sobre o metabolismo têm dado especial atenção para o exercício aeróbico. Conforme os estudos, se essa prática for feita em um ritmo diário ou, no máximo, a cada dois dias, é possível elevar o metabolismo basal em 20% a 30% após um período de 4 meses, em função do incremento de vários hormônios.










Mitos e verdades

1. Café com óleo de coco e água com limão em jejum aceleram o metabolismo.

Verdade – Se ingerirmos um alimento termogênico logo ao acordar, o metabolismo será acelerado imediatamente. Assim, ao se levantar, um suco de gengibre com pimenta também funciona.

2. Toda pessoa obesa tem metabolismo lento.

Mito – Ainda que existam muitos genes relacionados com o metabolismo, outros fatores também influenciam o ganho de peso tais como dieta, exercícios, disciplina, disbiose intestinal, padrão cerebral, ansiedades e compulsões. Até o sono tem relação com o metabolismo em cerca de 20%.

3. Comer de noite engorda mais, pois o metabolismo fica mais lento.

Verdade - Durante o sono, a nossa taxa de metabolismo diminui em 30%. Se você comer muito neste momento, o organismo vai armazenar mais calorias.





Perguntas do público

1 – Como saber se tenho metabolismo lento? Existe algum sintoma que consigo identificar?

Suspeita-se que uma pessoa tenha metabolismo lento quando se verifica que ela não consegue emagrecer, apesar de dietas e exercícios físicos. Outras indicações seriam muito sono e preguiça, além de pele seca, queda de cabelo e constipação. Contudo, o diagnóstico só pode ser feito após o cálculo do metabolismo basal, que pode ser feito pelo endocrinologista ou nutricionista. Também podem ser realizados exames de hormônios que interferem na taxa de metabolismo, tais como cortisol, insulina, glicemia, prolactina e adrenais, entre vários outros.

2 – Pessoas com hipotireoidismo têm problemas com metabolismo lento?

Sim, se a pessoa não fazer uso correto de sua medicação.

3- Baixo nível de testosterona nos homens pode baixar o metabolismo?

Sim. Este é um fator relevante de ganho de peso.

4- Mulheres após a menopausa ficam com metabolismo mais lento?

Sim, pois, nesta fase da vida, a redução de hormônios sexuais pode diminuir o metabolismo em 30%.


379 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo